Título: Desespero
Autor: Stephen King
Editora: Editora Objetiva
Páginas: 436
Ano: 1996
Nota: 
★★★

Sinopse
"Quando o sol se põe e um vento soturno começa a soprar, tudo pode acontecer. E é bem provável que logo se descubra o verdadeiro sentido da palavra desespero."

Stephen King

Um gato espetado numa placa da Rodovia 50 - uma das mais solitárias dos Estados Unidos - revela que nem sempre é fácil chegarmos ao nosso destino. O professor Jackson e sua esposa, a família Caver e o escritor Jonh Marinville sabem disso. O trajeto até a cidade de Desespero indica que a viagem será sombria e assustadora. Afinal, ao longo deste insólito caminho existe Collie Entragian, um louco disposto a fazer das suas palavras a própria lei. Quem conseguirá sobreviver? Este é o ponto de partida do novo romance de Stephen King, "Desespero".

Neste romance, o grande mestre descreve a luta apocalípitca entre Deus e o demônio que acontece na pequena cidade de Desespero. O terrível personagem Entragian é apenas uma ponta visível de um terror que tem longos e poderosos tentáculos. O confronto é cruel e literalmente desesperador..... (Sinopse retirada via skoob)

A TramaBom, a ideia inicial do livro se dá exatamente pelo título, uma cidadezinha no meio do nada onde o sentimento toma nome e cria uma teia de terror e medo: o Desespero. Uma pessoa, Collie Entragian, aparentemente um policial, começa a capturar pessoas e levá-las para a cidade de Desespero. Mas quando elas chegam lá o que se sucede é uma série de assassinatos, crueldades e palavras soltas num idioma que as intriga. E símbolos, lendas e histórias distorcidas pelos habitantes e pelo tempo, os Can Taks, uma mina desativada e fantasmas. E o porque delas estarem ali é um quebra-cabeças que vai se construindo devagar e lentamente. As pessoas que o Entragian escolheu tem momentos de pavor constantes, David, um menino de 11 anos que tem fé em seu Deus os ajuda nessa compreensão do que eles estão fazendo ali, porém o mal ataca a cada página lida, e as peças do quebra-cabeça vão pouco a pouco se encaixando. O que elas tem de especial para terem sido escolhidas para aquele tipo de sofrimento? O que são essas forças escuras e os Can Taks? Uma mistura de mistério onde cada coisa a ser descoberta é também um perigo à espreita.

O ProtagonistaTemos aqui duas forças como protagonistas, o bem (retratado pela imagem do garoto de 11 anos), David, cheio de fé e certeza de algo que o guiava, e o mal, representado inicialmente pelo Collie Entragian, os animais do deserto, os símbolos ou Can Taks,  e mais, diria que o maior protagonista desse livro é a cidade: Desespero. Um lugar onde as piores coisas acontecem. 


Personagens SecundáriosSe o que você busca nesse livro são personagens destaques, não vai encontrar aqui apenas um; pois temos mais de um personagem que nos trazem cada um uma história, uma vida em particular que é contada minuciosamente e que faz à primeira vista um emaranhado de histórias dentro da história. Temos a família Carver, aparentemente cheia de soberba e dinheiro, Peter e Mary, um casal sem muita expressividade, O Jhonny Marinville, um escritor de meia idade sem mais nada a escrever, ex alcoólatra, Steve, seu agente que sempre busca ajudá-lo, e outros que vão ao longo das páginas deixando sua importância na trama. Nada é passado como secundário, tudo tem um papel único para a trama. 


Capa, Diagramação e EscritaA capa é bonita, simples, e com uma placa de rodovia, mostrando a estrada e o que mais espera no livro: sombras e mistério. A escrita é feita através dos diálogos e extensas descrições de cena, característica ímpar do Stephen King, com divisões e uma narrativa até linear, vez ou outra voltando um pouco no tempo (não muito), para explicar alguns fatos.

ConcluindoTerminei esse livro com uma sensação de espanto, afinal é exatamente isso que nos causam os livros de terror de Stephen, de que alguma coisa, uma coisa muito real se espreita pelas brechas das portas de noite e nos ataca. Uma leitura que apesar de ser lenta e demasiadamente detalhada traz um terror real de quem lê, e a pergunta que paira durante todo o livro: O que Deus quer de todos? Afinal o que tem de maior através das crenças de cada um? São 436 páginas onde ficamos ofegantes com o desenrolar de cada personagem, torcemos por cada um deles, mesmo quando não simpatizamos com eles no início, e esperamos que tudo termine bem. Mas, e termina? Leia você e descubra também! Tak!

Quotes:


"— Mas a crueldade de Deus aperfeiçoa a gente... é o que dizem, pelo menos. Certo?"


"— O que esse menino fez lá atrás... o jeito como saiu da cela... aquilo era impossível — disse Billingsley. "


"— Deus, aqui é David Carver de novo. Estou numa confusão tão grande, Deus, tão grande. Por favor, me proteja e ajude a fazer o que tenho de fazer. Em nome de Jesus eu rogo, amém. "


"— Se isso é um exemplo de que Deus está conosco, espero nunca chamar a atenção dele quando ele estiver com a macaca — disse Johnny. "

Deixe um comentário

Azu-leie também